Câmara de Paulínia realiza audiência em defesa dos bancos públicos

24/10/2017




A Câmara de Vereadores de Paulínia realizou ontem (23) audiência para debater o papel dos bancos públicos. Proposta pelo vereador Danilo Barros (PR), a pedido da diretoria do Sindicato dos Bancários de Campinas e Região, a audiência integra a Campanha Nacional em Defesa das Empresas Públicas, intitulada “se é público, é para todos”.

Ao abrir a audiência pública, o vereador Danilo Barros manifestou disposição em participar da mobilização em defesa dos bancos públicos ao afirmar: “quero contribuir”. Já o vice-presidente do Sindicato, Mauri Sérgio, após destacar o papel do Legislativo (federal, estadual e municipal) na luta em defesa dos bancos públicos, indagou: “Quem vai fazer o saneamento básico, financiar a habitação?”. E respondeu: “os bancos públicos. O ‘mercado’ não resolve os problemas da sociedade”.

A diretora do Sindicato Daniele Miyachiro comentou o papel dos bancos públicos como agentes de fomento ao crédito e às políticas sociais. E o diretor regional Hamilton de Almeida, responsável pela subsede do Sindicato em Paulínia, disse que é preciso mobilizar a sociedade em “defesa do patrimônio público”.

Contra a privatização

A mobilização nacional em defesa das empresas públicas é para denunciar e combater a política de privatização do governo federal. Recentemente o presidente da República, Michel Temer, anunciou um pacote que atende tão somente os interesses do capital privado; visa cobrir o rombo anual da União, cumprir a meta de deficit. O governo federal pretende vender empresas do Grupo Eletrobras, Casa da Moeda e fatia da Infraero (Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária). O que requer mobilização de toda a sociedade.

Frente parlamentar

A luta em defesa dos bancos públicos ganhou um importante aliado no último dia 13 de junho, quando foi lançada a Frente Parlamentar Mista em Defesa dos Bancos Públicos, no Senado Federal. A Frente é formada por deputados federais, senadores, representantes dos movimentos sindical, social e associativo; tem como papel principal ampliar o debate sobre a importância dos bancos públicos.

Entre os organismos que propuseram a criação da Frente, está o Comitê Nacional em Defesa das Empresas Públicas. Criado em 2015, no calor da luta contra o Projeto de Lei do Senado 555, que viria a se tornar a lei de Responsabilidade das Empresas Estatais (nº 13.303, de 30 de junho de 2016) o Comitê lançou a campanha “se é público, é para todos” na sede do Sindicato, no dia 27 de outubro do ano passado. (clique aqui)
Audiência pública em Mogi Guaçu

No dia 31 deste mês de outubro (terça-feira), às 19h, audiência em Defesa dos Bancos Públicos na Câmara Municipal de Mogi Guaçu (Rua José Colombo, 235, Loteamento Morro do Ouro). Audiência proposta pelo vereador e presidente da Câmara, Luís Zanco Neto (PTC), a pedido do Sindicato.

Campinas e Americana

A primeira audiência em defesa dos bancos públicos, na base do Sindicato, aconteceu no dia 21 de setembro, na Câmara Municipal de Campinas. (clique aqui). Audiência proposta pelo vereador Paulo Haddad (PPS); a segunda foi realizada na Câmara Municipal de Americana (clique aqui) no dia 20 deste mês de outubro e foi proposta pelo vice-presidente da Câmara, Odir Dermarchi. As audiências foram solicitadas pelo Sindicato.

TV do Sindicato em Paulínia

Danilo Barros (PR)
Vereador
https://youtu.be/ksr8-EHEwqo
Mauri Sérgio
Vice-presidente do Sindicato
https://youtu.be/walHmrEBne8
Hamilton de Almeida
Diretor do Sindicato
https://youtu.be/5vGlCJDJ-ck
Daniele Miyachiro
Diretora do Sindicato
https://youtu.be/N4IGE-7Lo8E

Fonte: Sindicato dos Bancários de Campinas e Região - Jairo Gimenez
Foto: Júlio César Costa


Voltar
Imprimir